Radioablação de Nódulos

 

CIRURGIA DE CABEÇA E PESCOÇO > RADIOABLAÇÃO DE NÓDULOS

Apesar de nódulos benignos da tireóide não interferirem na produção de hormônios da tireóide ou serem câncer, eles podem causar sintomas desagradáveis. Dentre eles, os principais sintomas apresentados é a alteração na deglutição e/ou na respiração, além da deformação estética apresentada. Dessa forma, o melhor método para tratamento dos nódulos benignos da tireóide é através de sua ablação.

A Radioablação de Nódulos Benignos da Tireóide é uma técnica utilizada por cirurgiões de cabeça e pescoço para diminuir os nódulos de forma que mantenha o funcionamento da Tireóide. Por ser um procedimento pouco invasivo, tem como grande vantagem a ausência de cicatriz e um risco menor na lesão de nervos da região. 

 

Agende sua consulta para a Radioablação de Nódulos

Entre em contato com o ICCP e faça já sua avaliação médica.

Solucione suas dúvidas

PERGUNTAS FREQUENTES

Como é realizada a ablação da tireóide?

A Radioablação de nódulos benignos da tireóide é feito através de uma agulha de radiofrequência específica para esse procedimento. Com o auxílio de um ultrassom, essa agulha é introduzida no nódulo e queima (eletrocoagula) ele.

Há a sedação do paciente para o procedimento de ablação do nódulo?

Sim, há a aplicação de uma leve antestesia local de forma que o paciente permaneça falando durante o procedimento, assim é possível avaliar o funcionamento dos nervos vocais.

Será necessário fazer o uso de medicamentos para a reposição hormonal da tireóide?

Não! Essa é uma das grandes vantagens da radioablação dos nódulos da tireóide. As funções hormonais da tireóide são preservadas pois se trata de um procedimento pouco invasivo.

Radioablação de nódulos benignos da tireóide
Conversar
Podemos ajudar?